Zulia sofre 54 finalizações, mas vence o Nacional Potosí com gol nos acréscimos na Copa Sul-Americana

Partida em Potosí terminou com incríveis 60 chutes a gol de bolivianos e venezuelanos. Zulia derrotou os donos da casa em uma das poucas investidas

Por Marcio Porto

O duelo Deportivo Potosí (BOL) x Zulia (VEN) terminou com apenas um gol que deu a vitória aos venezuelanos em Potosí, na Bolívia. Mas poderia ter acabado com quatro, cinco, dez, 15 bolas na rede. Sem exagero. Em partida válida pela Copa CONMEBOL Sul-Americana na noite desta terça-feira, os bolivianos finalizaram nada mais nada menos do que 54 vezes contra os venezuelanos. Um número incrível. No entanto, em uma das poucas investidas, o Zulia fez o gol da vitória por 1 a 0 com Brayan Velezques, responsável por quatro dos seis chutes de seu time ao gol. Nos acréscimos, mais precisamente aos 48 do segundo tempo. Épico (clique aqui e veja as estatísticas do jogo).

A tônica do jogo foi a seguinte: Nacional no campo de ataque chutando de todas as formas, chutando, chutando e chutando... Zulia espremido na defesa, com praticamente todos os seus homens dentro da área. Nesse cenário brilhou a estrela do goleiro Leo Morales, de 40 anos. O arqueiro que já vestiu a camisa da seleção da Venezuela efetuou ao todo 15 defesas. No fim, o capitão da equipe festejou muito com a vitória improvável. Para se ter uma ideia: o gol foi o único momento dentro da área do Zulia na segunda etapa.

A partida foi válida pela ida da Fase 1 da Sul-Americana, enquanto a volta será no dia 16 de abril na Venezuela. E o duelo, como poucas vezes antes, confirmou a velha máxima do futebol: quem não faz, leva!

 

Fechar