Unión La Calera e Chapecoense empatam sem gols em jogo que abre a CONMEBOL Sul-Americana

Chilenos pressionaram nos dois tempos, Chape acertou a trave, mas as equipes ficaram no 0 a 0 no Chile. Partida de volta será no dia 19 deste mês, na Arena Condá

Faltou gol na partida que abriu a edição de 2019 da CONMEBOL Sul-Americana. Unión La Calera e Chapecoense ficaram no 0 a 0 na noite desta terça-feira (5), no Estadio Municipal Nicolás Chahuán Nazar, em La Calera, no Chile, pela primeira fase da competição - confira detalhes e números da partida.

Como o gol fora de casa tem peso no desempate, seguirá no torneio quem vencer o jogo de volta, daqui a duas semanas, no dia 19 de fevereiro, na Arena Condá, com transmissão para todo o Brasil pelo DAZN. Um novo empate em 0 a 0 leva a decisão da vaga para os pênaltis. Igualdade com gols favorece aos chilenos, estreantes na Sul-Americana.

Com apenas 30 anos de idade e com trabalhos realizados em análise de desempenho para nomes como Jorge Sampaoli e Marcelo Bielsa, o argentino Francisco Meneghini, técnico do Unión La Calera, mostrou características similares aos seus "mestres" e escalou uma equipe bem ofensiva, com três atacantes (Leiva, Larrondo e Isnaldo), mas que pratica a marcação sob pressão ao adversário.

O time da casa dominou a posse de bola no primeiro tempo (79% a 21%) e quase abriu o placar aos quatro minutos, mas o goleiro João Ricardo evitou o gol de Leiva.

Mesmo apática na partida, a Chape criou a melhor oportunidade para sair na frente, aos 27 minutos, com Renato, que acertou a trave do La Calera ao desviar a bola de carrinho, após chute cruzado de Wellington Paulista. 

Os chilenos mantiveram a postura ofensiva na etapa final e aumentaram a presença de área com a entrada do argentino Walter Bou, no lugar de Zuñiga. Tanto ele quanto Larrondo criaram chances no jogo aéreo, mas finalizaram para fora, assustando João Ricardo.

A Chape se manteve apática, mas se mostrou satisfeita com o empate nos minutos finais e terminou a partida sem uma finalização certa sequer em 90 minutos - o time não tentou nenhum chute a gol no segundo tempo. Os poucos torcedores que foram ao Chile, ao menos, não voltaram tristes para Chapecó.

Fechar