Lorenzo Frutos, atacante do Lara, vive noite de Balbuena e Romero na Arena Corinthians

Paraguaio, Frutos aproveitou a presença do Deportivo Lara no estádio corintiano para tirar uma foto onde seus compatriotas se acostumaram a comemorar. 'Nunca será só futebol'

A passagem do Deportivo Lara pelo Brasil rendeu uma daquelas emoções que só o futebol é capaz de proporcionar. Os venezuelanos acabaram perdendo por 2 a 0 para o Corinthians pela CONMEBOL Sul-Americana, em partida válida pela Segunda Fase, mas um jogador em especial levará uma lembrança inesquecível. Atacante paraguaio de 29 anos, Lorenzo Frutos viveu por alguns segundos uma sensação experimentada por seus compatriotas Fabián Balbuena e Ángel Romero, duas grandes figuras paraguaias na história do Timão. 

Durante o aquecimento, Frutos foi até a arquibancada atrás do gol, onde uma bandeira do Paraguai é presença garantida nos jogos do Corinthians em sua Arena. Ali, Balbuena e Romero comemoraram gols e posaram para fotos com os torcedores que fazem questão de manter viva essa relação. Frutos também queria um momento desses. Nem  se importou que dali a alguns minutos sua equipe iria decidir uma partida contra o time daqueles torcedores. Levou seu celular e ele mesmo tirou a selfie ao lado da bandeira de seu país e da Dona Wanda, ilustre torcedora do Timão. 

Reserva, Lorenzo Frutos não entrou na partida e viu do banco sua equipe ser derrotada por 2 a 0. Ainda assim, o jogador não deixou de comemorar pelo registro marcante que havia feito. Em sua conta no Twitter, Frutos compartilhou o vídeo publicado por copasudamericana.com e explicou por que não poderia deixar de tirar a foto. "Quantos gols festejados por Ángel (maior artilheiro da história da Arena), com esta maravilhosa bandeira. Eu pude estar ali, onde Romero e Balbuena deixaram seus passos. Que lindo que é o futebol". 

Corinthians e Lara decidirão uma vaga nas oitavas de final na próxima quinta-feira na Venezuela, com a equipe brasileira em vantagem. Frutos, porém, já teve uma vitória. Como disse um torcedor durante a selfie na Arena: "Nunca será só futebol".

Os paraguaios

Fabián Balbuena, de 27 anos, defendeu o Corinthians entre 2016 e 2018 e foi bicampeão paulista e campeão brasileiro. Hoje, defende o West Ham, da Inglaterra. Ángel Romero tem 26 anos, chegou ao Timão em 2014 e permanece até hoje. Por questões contratuais, atacante não está atuando. Ele é o maior artilheiro da história da Arena Corinthians com 27 gols e já conquistou dois Brasileiros (2015-2017) e dois Paulistas pelo clube. Os dois jogadores estão na pré-lista do Paraguai para a disputa da Copa América no Brasil e já se preparam com o grupo.

Fechar