Fluminense encara o Atlético Nacional de Hernán Barcos, maior artilheiro da história da CONMEBOL Sul-Americana

Reforço do clube colombiano para 2019, atacante anotou 17 gols em seis edições do torneio continental

Para seguir na briga por um título continental nesta temporada, o Fluminense terá de parar o maior goleador da história da CONMEBOL Sul-Americana. Hernán Barcos comanda o ataque do Atlético Nacional, adversário dos cariocas na Fase 2 do torneio. O jogo de ida será nesta quinta-feira (23), às 21h30 (de Brasília), no Maracanã.

Fluminense vs Atlético Nacional

Contratado pelo clube colombiano em janeiro, para a disputa da fase preliminar da CONMEBOL Libertadores, Barcos lidera o ranking de artilheiros da Sul-Americana, com 17 gols marcados em seis edições (30 jogos). 

O ano mais produtivo do atacante argentino ocorreu em 2011, quando foi vice-artilheiro da competição, com sete gols na campanha que levou a LDU de Quito ao vice-campeonato - o título daquele ano ficou com a Universidad de Chile.

Barcos, de 35 anos, anotou sete gols em 21 partidas pelo Atlético Nacional, todas pelo Campeonato Colombiano. É um jogador bastante conhecido dos brasileiros por suas passagens por Palmeiras, Grêmio e Cruzeiro.

O jogador brasileiro com mais gols marcados na Sul-Americana é o atacante Rafael Moura, com 14. Confira a artilharia histórica do torneio:

1 - Hernán Barcos: 17 gols
2 - Hernan López: 16 gols
3 - Rafael Moura: 14 gols
4 - Miller Bolaños: 13 gols
Rodrigo Mora: 13 gols
6 - Claudio Bieler: 12 gols
7 - Eduardo Vargas: 11 gols
Bruno Marioni: 11 gols
9 - Humberto Suazo: 10 gols
10 - Juan Manuel Olivera: 9 gols
Julio dos Santos: 9 gols
Kleber Gladiador: 9 gols
Matías Fernández: 9 gols
Martín Palermo: 9 gols
Rodrigo Palacio: 9 gols
Santiago Salcedo: 9 gols

Fechar