"El Comandante" do Furacão! Lucho González carrega experiência para tentar novo título da CONMEBOL

Lucho González disputou duas finais de torneios CONMEBOL. Ele foi vice da Sul-Americana em 2003 e venceu a Copa Libertadores em 2015. Em ambos, jogava pelo River

A patente é a mais alta e o futebol bastante refinado. Experiente, "El Comandante" Lucho González é uma das armas do Atlético-PR para buscar o inédito título da Copa CONMEBOL Sul-Americana em 2018.

O jogador que teve o contrato renovado com o Furacão até o fim de 2019 nesta segunda-feira (10) é uma das armas do time de Tiago Nunes para bater o Junior Barranquilla na noite de quarta (12), na Arena da Baixada.

O meio-campista leva para o gramado algo muito maior e mais relevante que o estilo aguerrido e a liderança. Nas chuteiras, que já marcam os gramados do futebol profissional há quase 20 anos, o argentino carrega algo além do peso do próprio corpo: a experiência vivida no esporte.

O jogador esteve em duas finais de competições CONMEBOL e será fundamental para levar o Furacão ao primeiro título continental de sua história.

Lucho González foi vice-campeão da Copa Sul-Americana em 2003, quando defendeu as cores do River Plate. Ele foi titular nos dois jogos da decisão contra o Cienciano, do Peru. Na ida, em casa, o time argentino empatou em 3-3. Na volta, a equipe foi derrotado por 1-0.

Há três anos, o meio-campista faturou o título do Copa CONMEBOL Libertadores pelo River Plate. Ele esteve em campo no título obtido sobre o Tigres, do México, em 2015. Na ida, fora de casa, um empate em 0-0. Na volta, os argentinos aplicaram 3-0 no adversário no Monumental de Núñez.

No jogo de volta da Sul-Americana, a situação é bem tranquila. Lucho foi à Colômbia para ajudar o seu time a sair de lá com um empate em 1-1. Na volta, um triunfo é o suficiente para dar o título aos paranaenses.

Fechar