Gustavo salva no fim, e Corinthians empata com Racing em casa na estreia

Argentinos tiveram mais posse de bola e saíram na frente com Andrés Rios, mas o centroavante do Timão evitou a derrota em casa aos 88 minutos. Jogo de volta será em 27/2

O Racing voltou a ser uma pedra na chuteira do Corinthians em competições continentais. Nas estreias das duas equipes na Copa Sul-Americana , na noite desta quinta-feira (14), os argentinos saíram na frente, mas a fase iluminada do atacante Gustavo fez o Timão buscar o empate por 1 a 1, na Arena Corinthians. Andrés Rios anotou para os visitantes no primeiro tempo - confira detalhes e números do confronto.

Foi o quinto duelo entre os rivais sul-americanos em torneios CONMEBOL, com dois triunfos argentinos e três empates - dois deles culminaram na eliminação do Timão nas oitavas de final da Sul-Americana de 2017.

A partida de volta, válida pela primeira fase do torneio, será no dia 27 de fevereiro, no El Cilindro, em Avellaneda. O Racing jogará por um 0 a 0 ou uma vitória para avançar. Já os alvinegros dependerão de um empate com gols ou um triunfo fora de casa para obter a classificação à Fase 2. 

O Corinthians iniciou o jogo desatento e nervoso. Aos 8 minutos, o goleiro Cássio se atrapalhou e chutou para trás uma bola recuada pelo zagueiro Manoel, cedendo escanteio ao Racing, que chegou a marcar aos 10, com Cvitanich. Ele pegou o rebote de uma cabeçada de Pillud que bateu na trave, mas estava em posição irregular, segundo a arbitragem.

Os argentinos aproveitaram mais um vacilo do Timão e abriram o placar aos 23 minutos, com o atacante Andrés Ríos, ex-Vasco, que aproveitou uma bola mal rebatida por Henrique, driblou Manoel e chutou colocado, no canto direito de Cássio.

O primeiro tempo do Racing não foi com postura de time visitante, com 61% de posse de bola e oito finalizações (duas certas). Acuado, o Corinthians criou suas melhores chances quando acionou Gustavo.

Na primeira, aos 16 minutos, o centroavante escorou um lançamento vindo da defesa e deixou Vagner Love sozinho, mas Arías evitou o gol. Instantes depois, em bola alçada por Sornoza, Gustavo cabeceou sozinho, mas o goleiro do time argentino segurou.

O Racing iniciou o segundo tempo com a mesma postura: troca de passes e chegando com certa facilidade ao ataque, enquanto os corintianos se irritavam na arquibancada a cada erro de passe do Corinthians ou com a insistência em recuar a bola perigosamente para Cássio na própria área.

Em busca de mais eficiência ofensiva para os 25 minutos finais de partida, o técnico Fábio Carille trocou Ramiro, Vagner Love e Jadson por Clayson, Sergio Díaz e Pedrinho. O Corinthians reteve mais a bola, mas seguiu cruzando bolas na área.

A insistência nesse tipo de jogada tem uma explicação: Gustavo. Em grande fase, o atacante aproveitou o cruzamento preciso de Sornoza para empatar, aos 88 minutos. Foi o sexto gol do atacante alvinegro em nove jogos nesta temporada.

AFP Corinthians Racing Gustavo Sul-Americana

Fechar