Conheça o Sol de América, adversário do Botafogo na CONMEBOL Sul-Americana

Clube paraguaio superou o Mineros da Venezuela na Primeira Fase faz primeiro jogo em casa. Já contou com o ex-botafoguense Loco Abreu e tem centroavante perigoso

Depois de superar os argentinos do Defensa y Justicia, o Botafogo terá um adversário paraguaio pela frente na Segunda Fase da CONMEBOL Sul-Americana. A equipe do Rio de Janeiro enfrentará o Sol de América, que disputa sua quarta Sul-Americana consecutiva. 

O Sol de América foi fundado em 1909 em Assunção e tem no seu histórico duas conquistas do Campeonato Paraguaio, em 1986 e 1991. A equipe manda seus jogos no Estádio Luis Alfonso Giagni, com capacidade para cerca de 10 mil pessoas. A sede do clube fica localizado no bairro Obrero, na capital paraguaia. 

Há uma ligação entre o Botafogo e o Sol de América, mesmo que eles nunca tenha se enfrentado na história. É que pelo clube paraguaio atuou Loco Abreu, atacante uruguaio de passagem de destaque pelo clube carioca. Abreu jogou no Sol em 2016 e disputou dez partidas, marcando dois gols. Pelo Fogão, saiu como ídolo com a conquista do Campeonato Carioca em 2010 e sendo o segundo maior artilheiro estrangeiro da história do clube com 63 gols, atrás apenas do argentino Fischer, que fez 68.

No elenco atual, o Sol de América também conta com um atacante perigoso. César Villagra tem dez gols em 16 partidas disputadas em 2019 e é um dos destaques do time comandado por Javier Sanguinetti. 

Na Primeira Fase, o Sol de América passou pelo Mineros da Venezuela. Perdeu o primeiro jogo fora de casa por 1 a 0 e devolveu o mesmo placar na volta. Nos pênaltis, levou a melhor com vitória por 4 a 3. 

O primeiro jogo entre as equipes é na próxima quarta-feira no Paraguai. A volta será na outra quarta no Estádio Nilton Santos. Os dois jogos serão às 19h15 e terão transmissão do DAZN.

Fechar