Campeão pela Universidad de Chile, Sampaoli tem histórico relevante em torneios CONMEBOL

Novo treinador do Santos, o argentino Jorge Sampaoli venceu a Copa CONMEBOL Sul-Americana por La U. Ele disputa o torneio pelo Peixe em 2019

Jorge Sampaoli foi campeão da Copa CONMEBOL Sul-Americana de 2011 com a Universidad de Chile. Em 2019, ele guiará o Santos na competição. Mas qual o histórico do técnico argentino em torneios da CONMEBOL? O novo treinador santista tem experiência e história pelo continente começou há 12 anos.

Em 2007, ele comandou o Sporting Cristal, do Peru, na Libertadores. Foram apenas dois jogos pela equipe, um triunfo por 2-1 como mandante e um revés por 5-0 para o América-MEX. O resultado culminou na eliminação do time na fase preliminar.

Em 2012, já na Universidad de Chile, Sampaoli levou o time às quartas de final da Libertadores e ficou à frente do elenco por sete jogos, com quatro vitórias, um empate e duas derrotas.

Quando o assunto é CONMEBOL Sul-Americana, Jorge Sampaoli é ainda mais experiente. Ele disputou o torneio em cinco oportunidades. A primeira foi pelo Bolognesi, do Peru. Na ocasião, o técnico fez apenas dois jogos. Ele voltou a comandar o time no torneio em 2006, mas também acabou eliminado precocemente. Foram três jogos, com duas vitórias e um revés.

Em 2009, o treinador foi à frente do Emelec até a segunda fase da Sul-Americana, com três vitórias e uma derrota.

Dois anos mais tarde, Sampaoli fez um trabalho irretocável à frente da Universidad de Chile. O argentino conduziu o clube ao inédito título da Sul-Americana com nove vitórias e dois empates. O time marcou 18 gols e sofreu dois em sua campanha que culminou com um título sobre a LDU.

Em 2012, La U de Sampaoli foi eliminada pelo campeão São Paulo. O time bateu o Emelec na primeira fase, mas foi derrotado pelo Tricolor Paulista. De toda forma, ele ostenta um recorde de ter 16 vitórias, três empates e cinco derrotas na história da competição.

A CONMEBOL Recopa Sul-Americana também foi um torneio disputado por Jorge Sampaoli. À frente da mesma Universidad, ele foi derrotado pelo Santos, seu atual clube, no placar agregado por 2-0, em 2012.

Fechar